Magret de Pato com vinho do Porto e sementes de funcho | Duck Magret with Port wine and fennel seeds

{Paleo | Sem Glúten | Sem açúcar refinado | Sem leite nem derivados}

Magret de Pato… Nome chique né? É apenas peito de pato frito na própria gordura!!! E é super fácil e rápido de fazer.
Este magret é acompanhado com o molho mais equilibrado a nível de sabores que já fiz… e como tal não poderia deixar de partilhar! O molho é uma redução de vinho do Porto com cebola roxa, sementes de funcho e canela do Ceilão.
Se usar canela normal não adicione tanto como nesta receita, pois a canela do Ceilão (canela verdadeira) tem um sabor mais suave.

A nível de confeção, os tempos na frigideira podem variar conforme o gosto pessoal e o tipo de fogão que estiver a usar (a gás, vitrocerâmica…). Como não gosto de carne mal passada faço 10 min do lado da pele e 5 do outro. Mas o normal será fazer 7-8 min do lado da pele e 3-5 do outro lado.

Quanto ao acompanhamento fiz as batatas-doces silvestres sem a mostarda caseira e com flor de sal a gosto.

Bem… fica tãooo bommm!

Magret de Pato com vinho do Porto e sementes de funcho - Duck Magret with Port wine and fennel seeds zoom.jpg

Ah mais uma dica, geralmente aproveito para comprar pato inteiro quando está em promoção. Utilizo os peitos de pato para esta receita no dia da compra (pois não se deve congelar a carne para o magret). E o restante pato congelo para depois fazer arroz de pato.

Ingredientes:

  • 2 peitos de Pato;
  • 1 colher de chá de Sementes de Funcho;
  • Meia colher de chá de Canela do Ceilão;
  • 1 Cebola Roxa picada;
  • Flor de Sal a gosto;
  • 1 Cálice de Vinho do Porto.

Acompanhamento:

Esta receita rende para 3 pessoas.


Preparação

Se fizer as batatas-doces silvestres, coloque-as logo a assar bem antes de começar a fazer o pato (levam cerca de 60 min a assar a 180ºC no forno – dependendo da quantidade que faça). Faça logo o tempero das batatas para dar tempo da cebola perder a acidez.

Faça cortes em xadrês na pele do pato sem cortar a carne (Isto vai fazer com que o calor chegue à carne e com que a gordura solte de forma mais fácil). Use a melhor faca que tiver, pois a pele é um bocado difícil de cortar.
Coloque os peitos de pato com a pele para baixo num frigideira fria. Acenda a boca do fogão para baixo/médio e conte 10 min. Com uma colher, vá retirando a gordura do pato para uma malga (assim a pele ficará crocante/torrada).
Passados os 10 min, vire para o outro lado e deixe cozinhar por mais 5 min.

Retire da frigideira e coloque num prato com a pele virada para cima a descansar (convém fazer este passo pois se abrir logo, os sucos da carne vão ficar todos no prato).

Na mesma frigideira, coloque a gordura do pato e junte as sementes de funcho e a canela. A seguir adicione a cebola e a flor de sal. Quando a cebola ficar translúcida, coloque os sucos da carne em descanso e o vinho do Porto e deixe reduzir.

Fatie o peito de pato e está na hora de empratar.

Disponha o molho no prato, por cima o pato fatiado e ao lado as batatas-doces silvestres.

Bom apetite!

Magret de Pato com vinho do Porto e sementes de funcho - Duck Magret with Port wine and fennel seedsMagret de Pato com vinho do Porto e sementes de funcho - Duck Magret with Port wine and fennel seeds zoom2.jpg

Até à próxima receita. Beijinhos Lígia 😘

Para acompanhar as receitas pode
fazer Like no Facebook
Subscrever o canal do Youtube
ou Seguir no Instagram

💡Do you want to read the recipe in your language? Choose your language in widget tradutor on your right 🌍
Thank you so much. xx Lígia 😘

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s